Mote (exemplo)

         

O Mote é uma abreviação de Motivo, para se compor os versos, e deles o 
Poema.  Por exemplo:
Alguém fala da misteriosa amada com cabelos negros, o poeta fica fascinado 
com a descrição do amante e começa a versejar. Assim:
Ainda sinto-os seus cabelos negros
Com perfume doce de morena
E revelo os meus segredos…
Se a misteriosa é loira a coisa não muda muito:
Ainda sinto-os seus cabelos louros
Com perfume doce de fogosa
E revelo os meus tesouros…
Assim é o Mote pro Poeta.
 

          

  del.icio.us isto!

Nenhuma resposta até o momento »

Comentário RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário